WhatsApp

18997636229

Andradina
Desacerto comercial termina em facadas no bairro Benfica - A verdade online

Política

03/02/2017 às 12h08 - Atualizada em 03/02/2017 às 12h16

Desacerto comercial termina em facadas no bairro Benfica

Dorivaldo
Andradina - SP
FONTE: MANOEL MESSIAS/Agência

Foto: MANOEL MESSIAS/Agência

ANDRADINA – O marreteiro Alessandro Perozini, o “Alicate’, de 42 anos, residente na rua Pigalli, na cohab Barbaroto, foi vítima de tentativa de homicídio na tarde desta quarta-feira (01), ao levar três facadas pelo corpo (braço, perna e mão). O crime foi resultado de um desacerto comercial e foi cometido por Nivaldo Bezerra, de 49, residente na rua Benjamin Constant, bairro Antena. Ele foi preso pela Polícia Militar em sua casa e encaminhado ao 1º DP, para as providências cabíveis. A faca foi apreendida.



A tentativa de homicídio aconteceu quando Nivaldo, que está afastado do trabalho como desossador, saiu de sua casa e foi até o “Bar do Baiano”, localizado na rua Paraíba com Tiradentes, bairro Benfica, para tentar pegar o documento de um Fiat Tempra que ele havia comprado tempos atrás de uma pessoa identificada por “Nenê”, cujos documentos estaria com “Alicate’.



Cansado de idas e vindas, o acusado foi decidido para resolver a situação armado com uma faca de caça. Menos de cinco minutos depois de facada_benfica (5)chegar no bar, o acusado avistou “Alicate” se aproximando dirigindo um Kadett na cor vinho, parando em frente do bar.



Praticamente sem discutir, o indiciado pegou a faca da cintura e mandou ver contra Alicate, acertando-o inicialmente no braço, altura do bíceps direito. Desesperado, “Alicate” saiu do veículo pela porta do passageiro, sendo perseguido pelo algoz, que o alcançou na calçada do bar onde parou, desferindo outros dois golpes, sendo um na perna esquerda, altura da coxa e outro na mão direita, quando a vítima tentava se defender e segurou a faca.



Depois do crime Nivaldo Bezerra foi para sua casa, onde acabou sendo preso pela Polícia Militar. A faca ele havia entregado minutos antes ao dono do bar, o “Baiano”. No 1º DP confessou ao delegado a intenção de matar a vítima. Ele confirmou que havia ingerido bebida alcoólica.



Foto: MANOEL MESSIAS/Agência



Acusado foi preso pela Polícia Militar na casa dele, distante 100 metros do local do crime. Foto: MANOEL MESSIAS/Agência





 



 


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 154 VEZES

Comentários

Veja também

nenhuma Enquete encontrada!

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados

Portal MD Hospeda