WhatsApp

Dez capitais apresentam sinais de crescimento de covid-19, diz Fiocruz - A verdade online

Brasil

30/10/2020 às 19h52 - Atualizada em 30/10/2020 às 19h52

Dez capitais apresentam sinais de crescimento de covid-19, diz Fiocruz

Dorivaldo
Andradina - SP
FONTE: Agencia Brasil

O boletim InfoGripe, divulgado semanalmente pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz),  mostra que dez capitais brasileiras apresentam sinal de crescimento moderado, probabilidade maior que 75%, ou forte, probabilidade maior que 95% na tendência de longo prazo (seis semanas) de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e de covid-19. 



Os casos notificados e óbitos no país apresentam ocorrência muito alta, segundo o boletim. O coordenador do InfoGripe, pesquisador Marcelo Gomes, observou que 20 das 27 capitais apresentam sinal de estabilidade ou crescimento na tendência de longo prazo.



Capitais



Em Aracaju, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Macapá, Maceió  e Salvador há sinal forte de crescimento no longo prazo. Nas capitais, Belém, São Luís  e São Paulo, observa-se sinal moderado de crescimento do número de infectados para a tendência de longo prazo, acompanhado de sinal de estabilização na tendência de curto prazo.



As capitais, Belém, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Macapá, Salvador e São Luís já completam ao menos um mês com manutenção do sinal de crescimento na tendência de longo prazo em todas as semanas.



Já a capital paulista apresenta sinal de crescimento a longo prazo pela primeira vez desde o início do processo de queda, embora já venha dando sinais de possível interrupção da tendência de queda. Porto Alegre apresentou sinal de estabilização tanto na tendência de curto quanto de longo prazo.



Marcelo Gomes destacou a necessidade de cautela em relação às próximas semanas, especialmente em relação a eventuais avanços nas ações de flexibilização das medidas para diminuição do contágio na capital gaúcha.



Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, não confirmou sinal de estabilização na tendência de longo prazo, retornando ao sinal de queda nesse indicador. Segundo o coordenador do InfoGripe, embora a tendência de curto prazo tenha mantido sinal de estabilização, ainda é preciso cautela em relação a ações de flexibilização.



“Como já relatado em boletins anteriores, identificamos diferença significativa entre as notificações de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no estado do Mato Grosso registradas no sistema nacional Sivep-Gripe e os registros apresentados no sistema próprio do estado. Tal diferença se manteve até a presente atualização”, avaliou Marcelo Gomes.



Macrorregiões



Em 12 das 27 unidades federativas observa-se tendência de longo prazo com sinal de queda ou estabilização em todas as respectivas macrorregiões de saúde. Nos demais 15 estados, Amapá, Pará e Tocantins (Norte), Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, e Sergipe (Nordeste), Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo (Sudeste), Rio Grande do Sul e Santa Catarina (Sul), e Mato Grosso do Sul (Centro-Oeste) há ao menos uma macrorregião estadual com tendência de curto e/ou longo prazo com sinal moderado ou forte de crescimento.



Dados



A análise  refere-se à semana epidemiológica de 18 a 24 de outubro e tem com base os dados inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até o dia 27 deste mês.


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 41 VEZES

Comentários

Veja também

nenhuma Enquete encontrada!

Publicidade

Publicidade

COC-Sie-Red

Publicidade

Corona-site

Publicidade

Pilates
gif ok

Publicidade

Pref-Andradina

Publicidade

Publicidade

MAIS LIDAS DO MÊS
  1. Batida entre Fiesta e moto mata balconista de 25 anos em Andradina
  2. Polícia encontra homem morto dentro de carro em bairro
  3. João Dória pede reunião com Mário Celso para conhecer Masterplan de Andradina
  4. Apenas quatro vereadores são reeleitos em Andradina
  5. O prefeito eleito de Andradina, Mário Celso Lopes recebeu um convite pessoal do Governador do Estado de São Paulo, João Dória para apresentar o seu “masterplan” para o desenvolvimento da cidade ainda este ano. O convite aconteceu durante ligação do Governador pra o escritório de Mário na manhã desta terça-feira (18). Considerado uma inovação para o Estado, João Dória quer conhecer o Masterplan de Andradina para que a experiência de planejamento do empresário possa inspirar outros municípios do Estado. O Masterplan idealizado para Andradina foi o ponto forte da campanha vitoriosa de Mário Celso com quase 80% dos votos válido. Ele coleciona iniciativas que unem governo, setor privado e a administração municipal, para dar a largada a uma nova fase de desenvolvimento humano, urbano e econômico para Andradina. Com ações detalhadas de saídas para todos os setores, o plano de Mário Celso aponta para saídas concretas de fomento da economia, solução para expansões urbanas, fomento de novas atividades econômicas para o campo e para a cidade, e ainda apresenta um potencial real para vencer antigos tabus da cidade, como um contorno ferroviário e impulsionar a cidade para um novo tempo de tecnologia, por exemplo, exploração da atividade de geração de energia fotovoltaica. “A ideia de um administrador que faça tão somente o papel de zelador da cidade deve ser abandonada. Devemos deixar essa postura de cuidador de ruas e replicador de ações para o passado, e nunca olhar para traz. É urgente a necessidade de planejar o futuro, pelos próximos 100 anos e nunca perder de vista esse novo rumo que atravessará as gerações longe dos interesses pessoais que se apresenta como uma verdadeira e pesada âncora que impede que a cidade avance. Queremos uma Andradina exemplo para o mundo”, disse Mário Celso.
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados

Portal MD Hospeda