WhatsApp

Líderes mundiais pedem ao G20 financiamento para vacinas e testes - A verdade online

Internacional

20/11/2020 às 10h53 - Atualizada em 20/11/2020 às 10h53

Líderes mundiais pedem ao G20 financiamento para vacinas e testes

Dorivaldo
Andradina - SP
FONTE: Agencia Brasil

Os líderes do G20 precisam ajudar a cobrir um déficit de financiamento para a compra de vacinas, medicamentos e testes destinados ao combate da pandemia de covid-19. O apelo consta em carta do presidente da África do Sul, do primeiro-ministro da Noruega, dos chefes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Comissão Europeia.



A carta, de acordo com a Reuters, foi enviada antes da cúpula virtual do Grupo dos 20 no fim de semana em Riad, na Arábia Saudita, que atualmente detém a presidência rotativa do bloco, composto por nações ricas e grandes potências emergentes.



"Um compromisso dos líderes do G20 na cúpula em Riad, de investir substancialmente no déficit de financiamento imediato do ACT (Access to Covid-19 Tools) Accelerator de US$ 4,5 bilhões, salvará vidas imediatamente, estabelecerá as bases para aquisição e entrega em massa de ferramentas voltadas para a doença em todo o mundo e fornecerá uma estratégia de saída para esta crise econômica e humana global", diz o texto.



O ACT Accelerator é um projeto liderado pela OMS, que também visa a garantir vacinas contra a covid-19, exames de diagnósticos e equipamento de proteção para países mais pobres.



A carta também pede aos líderes do G20 que se comprometam conjuntamente com "uma proporção dos gastos de estímulo futuro" nas ferramentas, que têm como objetivo particular garantir o abastecimento de países de baixa renda.



Os signatários foram o presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, e a presidente da União Europeia, Ursula von der Leyen.



"Envolver os ministros das Finanças agora para realmente levantar todo o dinheiro de que precisamos, não apenas o dinheiro urgente necessário para 2020, mas garantir que estamos financiando totalmente o trabalho do ACT Accelerator é muito importante", disse à Reuters Dag Inge Ulstein, ministro norueguês de Desenvolvimento Internacional, em Genebra.



"As próximas semanas serão muito, muito cruciais", acrescentou.



A iniciativa, criada pela OMS e pelo grupo de vacinas Gavi, excedeu a meta provisória de arrecadar mais de US$ 2 bilhões para comprar e distribuir vacinas contra a covid-19 para os países mais pobres. Na semana passada o grupo recebeu a informação de que ainda seria preciso mais dinheiro.



São necessários cerca de US$ 28 bilhões para financiar totalmente a aquisição e distribuição de vacinas, medicamentos e testes, que von der Leyen disse ser equivalente à "mesma soma que os setores de transporte e de turismo global perdem em apenas dois dias de bloqueio".


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 62 VEZES

Comentários

Veja também

nenhuma Enquete encontrada!

Publicidade

Publicidade

COC-Sie-Red

Publicidade

Corona-site

Publicidade

Pilates
gif ok

Publicidade

Pref-Andradina

Publicidade

unnamed

Publicidade

MAIS LIDAS DO MÊS
  1. Batida entre Fiesta e moto mata balconista de 25 anos em Andradina
  2. Polícia encontra homem morto dentro de carro em bairro
  3. João Dória pede reunião com Mário Celso para conhecer Masterplan de Andradina
  4. Apenas quatro vereadores são reeleitos em Andradina
  5. O prefeito eleito de Andradina, Mário Celso Lopes recebeu um convite pessoal do Governador do Estado de São Paulo, João Dória para apresentar o seu “masterplan” para o desenvolvimento da cidade ainda este ano. O convite aconteceu durante ligação do Governador pra o escritório de Mário na manhã desta terça-feira (18). Considerado uma inovação para o Estado, João Dória quer conhecer o Masterplan de Andradina para que a experiência de planejamento do empresário possa inspirar outros municípios do Estado. O Masterplan idealizado para Andradina foi o ponto forte da campanha vitoriosa de Mário Celso com quase 80% dos votos válido. Ele coleciona iniciativas que unem governo, setor privado e a administração municipal, para dar a largada a uma nova fase de desenvolvimento humano, urbano e econômico para Andradina. Com ações detalhadas de saídas para todos os setores, o plano de Mário Celso aponta para saídas concretas de fomento da economia, solução para expansões urbanas, fomento de novas atividades econômicas para o campo e para a cidade, e ainda apresenta um potencial real para vencer antigos tabus da cidade, como um contorno ferroviário e impulsionar a cidade para um novo tempo de tecnologia, por exemplo, exploração da atividade de geração de energia fotovoltaica. “A ideia de um administrador que faça tão somente o papel de zelador da cidade deve ser abandonada. Devemos deixar essa postura de cuidador de ruas e replicador de ações para o passado, e nunca olhar para traz. É urgente a necessidade de planejar o futuro, pelos próximos 100 anos e nunca perder de vista esse novo rumo que atravessará as gerações longe dos interesses pessoais que se apresenta como uma verdadeira e pesada âncora que impede que a cidade avance. Queremos uma Andradina exemplo para o mundo”, disse Mário Celso.
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados

Portal MD Hospeda