WhatsApp

18997636229

Andradina
Dobro do salário e finanças do Corinthians impediram “fico” de Jô - A verdade online

Esportes

24/12/2017 às 12h57 - Atualizada em 24/12/2017 às 12h57

Dobro do salário e finanças do Corinthians impediram “fico” de Jô

Dorivaldo
Andradina - SP
FONTE: Gazeta Esportiva

Jô afirmou que seguiria no Corinthians após a conquista do Campeonato Brasileiro (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O centroavante Jô deixou o gramado no dia 15 de novembro, após a vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, que assegurou o título brasileiro ao Corinthians, já vislumbrando sua sequência pelo clube do coração. Entre a promessa de ficar para ganhar a Libertadores e o início da temporada, porém, uma proposta irrecusável do Nagoya Grampus-JAP, em meio à delicada situação financeira do Alvinegro, mudou os seus planos.



A pessoas próximas, o atacante já havia avisado que dificilmente deixaria o Timão para atuar em outro lugar. Aos 30 anos, ele via no clube a última chance também de jogar outra Copa do Mundo, na Rússia, além de ter se readaptado totalmente à vida na cidade de São Paulo. O problema foi que ele próprio não teve grande poder de veto para impedir sua ida à Ásia por 11 milhões de euros (R$ 43 milhões).



Anteriormente, Jô havia recusado consultas da China, mas os valores reais não passaram perto do montante colocado pelos japoneses. Atleta de renome internacional e com uma Copa do Mundo no currículo, ele é visto como o “presente” do Nagoya para a sua torcida, que acabou de ver o time ascender à elite do futebol local.



Informada da oferta pelo empresário Giuliano Bertolucci, a diretoria corintiana colocou-a no patamar de “irrecusável” por dois principais fatores: receberia 100% do dinheiro à vista, ganhando fluxo de caixa para trabalhar até o início da temporada, e, provavelmente, não teria outra chance de negociar um jogador com a idade de Jô.



A situação financeira, por sinal, fez com que Jô recebesse a notícia dos valores envolvidos já sem muito o que fazer. Com o clube endossando a saída para ajudar no seu balanço financeirp, ele ainda seria recompensado com um salário que chega a ultrapassar o dobro dos vencimentos que recebe hoje em dia.



Com exames marcados para esta segunda-feira, Jô deve fazer um pronunciamento oficial assim que a diretoria oficializar a transferência. Emocionado pelo carinho que recebeu da torcida em 2017, ele quer deixar uma boa impressão na sua saída, mesmo descumprindo a promessa feita em meio à emoção da conquista.


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 122 VEZES

Comentários

Veja também

nenhuma Enquete encontrada!

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados

Portal MD Hospeda