Image and video hosting by TinyPic
WhatsApp

18997636229

Andradina
Andradina se despede do radialista e corintiano Cláudio Ferreira - A verdade online

Cidades

10/07/2019 às 18h01 - Atualizada em 10/07/2019 às 18h01

Andradina se despede do radialista e corintiano Cláudio Ferreira

Dorivaldo
Andradina - SP
FONTE: Jornal Impacto

“O que está pegando?” ou “Qual é a última?” Esta era a forma como Cláudio Alves Ferreira chegava aos estúdios das rádios do SRC por onde trabalhou. Os colegas de longa data, Salvador Placco Netto e Omar Abdalla, lembraram a forma de saudação.



Cláudio Ferreira faleceu na terça-feira (9) e foi sepultado na manhã desta quarta-feira (10), véspera do aniversário de 82 anos de Andradina. Além da esposa Neide Boechat Alves Ferreira, filhos e netos, Cláudio tinha outras paixões, como o Corinthians, uma boa pescaria, um jogo de truco e motos.



Cláudio nasceu no dia 5 de maço de 1943 em Lucélia. Casou-se com Neide Boechat Alves Ferreira no dia 18 de dezembro de 1966. Logo em seguida, o casal mudou-se para Andradina. O casal teve três filhos: Luís Cláudio, casado com Estela Regina, Plínio Marcos, casado com Joelma e Luís Armando, casado com Andreza e oito netos.



CARREIRA



De acordo com o filho Luís Armando, Cláudio aposentou-se dos Correios e passou a desenvolver outras atividades. Antes, teve o conjunto musical Pop Singers. Posteriormente, foi proprietário do Cine Hoje e foi gerente do Cine Santo Antônio.



Na década de 1990, foi convidado a integrar a equipe do SRC. Foi admitido diretamente pelo presidente do SRC, Nivaldo Franco Bueno.



Ao longo de sua jornada no SRC, Cláudio Alves Ferreira atuou em diferentes emissoras e participou de vários programas, com destaque nos esportivos da Rádio Andradina e do SRCTV. Sempre defendendo o seu Corinthians. Era tão corintiano, que foi sepultado com a camisa do Timão.



O presidente do SRC, Nivaldo Franco Bueno, que está na Europa de férias com a esposa Adeliz Regina Fernandes Rocha, antes de viajar foi visitá-lo na residência. “Trata-se de uma pessoa afável, de bom trato. Bom marido, bom pai de família e bom colega de trabalho”, disse Nivaldo Franco Bueno, que falou também em nome da mulher, Adeliz Regina. Os fois foram representados no funeral pelos filhos Alexandra, Marcelo e Márcio Rocha, que também destacaram o comprometimento de Cláudio com o trabalho e com a família. “Perdemos um grande colega de trabalho”, disseram. “À viúva, aos filhos, noras e netos, os nossos sentimentos”, concluíram.

Pessoas de diferentes camadas sociais se fizeram presentes ao funeral, assim como colegas de trabalho do SRC de Araçatuba, Três Lagoas e Andradina.



PAIXÕES 



Cláudio e Neide sempre foram apaixonados e vivenciavam as mesmas aventuras. Sobre uma moto CB 400, os dois fizeram muitas viagens. Mais experientes e já com a reprovação dos filhos, deixaram as aventuras da moto.



Cláudio passou a fazer das rodadas de truco no Márcio Ogata um ponto de encontro, como também as suas pescarias. Porém, no coração pulsava o coração corintiano.


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 19 VEZES

Comentários

Veja também

nenhuma Enquete encontrada!

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados

Portal MD Hospeda