Eron
WhatsApp

18997636229

Andradina
600 pastas com documentos são apreendidas pela PF em faculdade de Medicina - A verdade online

Cidades

10/09/2019 às 19h50 - Atualizada em 10/09/2019 às 19h50

600 pastas com documentos são apreendidas pela PF em faculdade de Medicina

Dorivaldo
Andradina - SP
FONTE: Hoje+

Como parte da Operação Vagatomia, a Polícia Federal apreendeu nesta segunda-feira (9), mais de 600 pastas contendo documentos relacionados às matrículas de alguns alunos na sede da Universidade de Medicina em Fernandópolis (SP).



Em nota divulgada à imprensa, a polícia informa que a apreensão se deu em cumprimento a mandado de busca e apreensão. Essas pastas estariam em local diferente das demais pastas e serão enviadas para a sede da Polícia Federal em Jales (SP) para serem analisadas.



A operação Vagatomia foi deflagrada no último dia 3 e resultou na prisão de 19 pessoas. A ação investiga um grande esquema de fraudes na concessão do Fies (Financiamento Estudantil do Governo Federal) e na comercialização de vagas e transferências de alunos do exterior (principalmente Paraguai e Bolívia), para o curso de medicina em Fernandópolis (SP).



Bolsas do Prouni (Programa Universidade para Todos) e fraudes relacionadas a cursos de complementação do exame Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior) também estão sob investigação.



Apreensões



Durante o cumprimento dos mandados de busca na ocasião, houve a apreensão de uma arma de fogo de brinquedo, de dólares, reais, euros, celulares, notebooks e diversos documentos.



Também foram apreendidos veículos, aeronaves e embarcações e valores em contas foram bloqueados por ordem da Justiça Federal de Jales.



Um empresário de São José do Rio Preto, dono de empresas que prestam cursos relacionados ao Revalida, foi preso em um hotel de luxo em São Paulo.



Um dos donos da universidade investigada foi preso no apartamento dele, em São Paulo, e o outro em no aeroporto internacional de Guarulhos, quando retornava de viagem ao exterior.



Se apresentou



Na quinta-feira (5), um dos foragidos se apresentou na sede da PF em Jales com seus advogados. Dois homens continuam foragidos. Um seria líder de uma igreja evangélica na região de Presidente Prudente e o outro é de Murutinga do Sul (SP), região de Araçatuba. Ele é irmão de um vereador do município.



No último sábado (7), a pedido da PF, a Justiça Federal prorrogou todas as prisões temporárias por mais 5 dias e outras 11 pessoas permanecem presas preventivamente.



No mesmo dia, um cofre apreendido na casa de um dos investigados foi aberto por um especialista e foram encontrados nele relógios de luxo, joias e dólares, que foram apreendidos. 


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 114 VEZES

Comentários

Veja também

nenhuma Enquete encontrada!

Publicidade

Publicidade

Publicidade

S-o-Roque-supermercados-SITE

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados

Portal MD Hospeda