WhatsApp

Temporal provoca estragos em Santa Catarina; Defesa Civil confirma 7 mortes - A verdade online

Brasil

01/07/2020 às 09h26 - Atualizada em 01/07/2020 às 09h26

Temporal provoca estragos em Santa Catarina; Defesa Civil confirma 7 mortes

Dorivaldo
Andradina - SP
FONTE: nsctotal

Fortes rajadas de vento atingiram praticamente todas as regiões de Santa Catarina na tarde desta terça-feira (30), deixando um rastro de estragos e assustando moradores de várias cidades. Ao menos sete mortes foram confirmadas, e uma pessoa está desaparecida. O vendaval começou na região Oeste ainda pela manhã e avançou pelo Estado durante a tarde, causado pela formação de um ciclone.



Conforme atualização feita pela Defesa Civil na manhã desta quarta (1º), três pessoas morreram na cidade de Tijucas, na Grande Florianópolis, onde um muro desabou e atingiu diversas pessoas. As outras quatro mortes foram registradas nas cidades de Chapecó, no Oeste, Ilhota, no Vale do Itajaí, e Santo Amaro da Imperatriz e Governador Celso Ramos, também na Grande Florianópolis.



Uma pessoa segue desaparecida em SC. Segundo a Defesa Civil, ela teria caído de uma ponte pênsil que atravessava durante o vendaval em Brusque, no Vale do Itajaí. 



As rajadas de vento provocadas pela passagem do ciclone nesta terça chegaram a 134 km por hora. A tempestade atingiu praticamente todas as regiões do Estado. Nesta quarta-feira, novas rajadas de vento seguem sendo registradas em Santa Catarina.



Durante a tarde de terça, o Estado chegou a ter 1,58 milhão de unidades consumidoras sem energia, 49% de todas do Estado, segundo o mapa em tempo real de fornecimento da Celesc. Por volta das 7h30min desta quarta, 700 mil unidades consumidoras continuavam sem energia elétrica.



Estragos pelo Estado



Em Chapecó os ventos chegaram a atingir 108 km/h, derrubando árvores e placas. Uma senhora de 78 anos morreu depois de ser atingida por uma árvore perto do aeroporto da cidade. A Defesa Civil registrou destelhamentos em Descanso, Santa Helena, São Domingos, Jaborá e Xanxerê.



Em Florianópolis o Corpo de Bombeiros foi acionado para ocorrências de queda de árvores no Estreito, Pantanal e Rio Tavares. No Córrego Grande, em frente ao parque municipal, uma árvore caiu em cima de uma van e um carro de passeio. O telhado de prédio foi carregado pelo vento em Jurerê. Árvores caídas bloquearam parcialmente o trânsito na SC-401 e na SC-406.



Em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, um homem morreu após ser atingido pela fiação da rede elétrica. Uma árvore havia caído sobre o poste e derrubado os fios. Outra morte ocorreu em Tijucas, no Litoral, em um imóvel com parte da estrutura colapsada.



Em Joaçaba, a força do vendaval derrubou o cajado de Frei Breno, peça que fica junto à Estátua no Monumento, no bairro Flor da Serra.



Em Concórdia, segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), a queda de árvores bloqueou parcialmente o trânsito na rodovia SC-283. Conforme a prefeitura, 15 unidades escolares e dois centros de convivência tiveram destelhamentos.


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 193 VEZES

Comentários

Veja também

nenhuma Enquete encontrada!

Publicidade

COC-Sie-Red

Publicidade

Publicidade

Pilates
gif ok

Publicidade

Publicidade

Publicidade

2020-Brenda

Publicidade

© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados

Portal MD Hospeda