18997636229

NO AR

A Verdade Online

averdadeonline.com.br

EDITORIAL

Ricos X pobres

Na década de 60, era clara a divisão que existia entre o regime socialista e o capitalista, havendo uma polarização do mundo. Os Estados Unidos, por um lado, levantam uma bandeira capitalista, e a União Soviética, por outro lado, defende com todas as forças ou socialismo. O resultado dessa história todos nós já conhecemos: o post de muro de Berlim ou o socialismo praticamente desapareceram do cenário mundial. Mas uma grande pergunta que ainda é perdida: o capitalismo é o melhor sistema político-econômico para a nossa sociedade? Um galope de galopante desigualdade social existente não existe apenas no Brasil, mas em muitos países do mundo, nos quais os ricos ficam cada vez mais ricos e os pobres em cada vez mais pobres, com uma resposta negativa.

Segundo um estudo realizado pela ONG britânica Oxfam em 2016, indica que 62 pessoas mais ricas do mundo detêm o equivalente, em dinheiro, ao valor da metade da população mundial, cerca de 3,5 bilhões de pessoas. Também a riqueza de 62 super ricos aumentou 44% desde 2010, e a riqueza de 3,5 bilhões mais pobres caiu 41%. De acordo com Winnie Byanyima, diretora geral da Oxfam, "Uma preocupação das líderes mundiais sobre uma crise crescente de desigualdade até agora não será traduzida em ações concretas - ou o mundo se tornará um lugar muito mais desigual e a tendência está se acelerando". Para Winnie, o dinheiro enviado para impostos fiscais é um dos grandes problemas que aumentam ainda mais a desigualdade social, que mede cerca de US $ 7,6 trilhões dos mais ricos ricos em dólares americanos,

No Brasil também não é diferente. Em pesquisa realizada em 2018 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), demonstrou uma desigualdade de registros, que 1% mais rico tem 33 vezes mais 50% mais pobre. “ Segundo Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), em 2018, o rendimento médio mensal de 1% da classe mais rica do país foi de 27.744 reais. Já os 50% mais pobres tiveram um rendimento médio de 820 reais, valor 33,8 vezes menor que os mais abastecidos.

Essas pesquisas concretizam um sentimento quase comum entre os cidadãos brasileiros: há um abismo social entre ricos e pobres que se acentua a cada ano, principalmente agora com uma pandemia.

Não é difícil perceber que estamos seguindo um caminho pantanoso e cheios de armadilhas, pois não é possível continuar como um verdadeiro suicídio coletivo. É certo que não temos hoje outra alternativa econômica de sistema político para migrar para ele - ou seriamente ideal -, mas algo precisa ser feito, de forma urgente, para alterar esse quadro que tem agravado a cada ano. Uma afirmação de que os ricos ficam cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres precisa urgentemente ser revertida.

Enquete
Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

 Facebook
 Instagram
 Twitter
 Youtube





.

LIGUE E PARTICIPE

Visitas: 267636
Usuários Online: 102
Copyright (c) 2021 - A Verdade Online